O 7º capítulo da série sobre reforma da previdência trará o tema do PIS – benefício pelo qual muitos brasileiros necessitam. Acompanhe:

 

Pedro Ernesto já está de olho no calendário do PIS. Ele sabe que todo ano é pago um abono salarial do Programa de Integração Social PIS no valor de um salário mínimo (R$998,00).
Por ser nascido em Junho viu que receberá a partir de 14/03/2019. Será uma boa ajuda no orçamento pois ele ganha um salário e meio trabalhando como auxiliar de limpeza para uma empresa terceirizada que presta serviço no shopping.

Conversando com um amigo no boteco no domingo após o futebol, não quer acreditar que se aprovado a Reforma da Previdência do governo Bolsonaro será seu último abono. Seu amigo bem informado viu que somente quem ganha um salário mínimo terá direito ao abono, ou seja acabou a “mordomia” do Pedro Ernesto de receber essa grana. Lembrou que no estado de São Paulo, todos deveriam receber o piso salarial que é de R$1.076,20 portanto NENHUM TRABALHADOR DE SP RECEBERÁ ABONO SE A REFORMA FOR APROVADA COMO FOI APRESENTADA.

Pedro Ernesto está se perguntando afinal a propaganda da Nova Previdência diz que vai fazer justiça? Cortar o PIS é justo?

 

Comments are closed.

Ligue para (19) 3731-3837 ou (11) 3311-7092

Tire suas dúvidas com um de nossos advogados qualificados