Continuamos nossa série sobre a Reforma da Previdência, e neste 5º capítulo trataremos sobre benefício de aposentadoria por invalidez. Acompanhe esta situação:

 

Malaquias sempre foi trabalhador, comprometido e esforçado.  A rotina no banco sempre foi exaustiva e repleta de cobranças para atingir metas de vendas de produtos aos clientes. Seguros, financiamentos, empréstimos e cartões eram seus pesadelos por tinham que oferecer aos montes para os clientes do Banco Sideral onde trabalhava.
Aos 46 anos de idade, contanto com 22 anos de contribuição para o INSS, pois ficou desempregado durante mais de 02 anos nos períodos de crise econômica, se vê com grave problema de saúde. Sua pressão arterial não foi controlada devido aos stress e principalmente ao assédio diário da chefia, resultou em um AVC, deixando lesões que acarretaram no comprometimento de sua capacidade de trabalho. Sobreveio a Aposentadoria por Invalidez, quando recebeu a Cartinha do INSS não se conformou com o valor do benefício R$1.000,00.
Consultou um amigo que lhe esclareceu. A média seria de R$1.612,90, ou seja o benefício antes da reforma do governo Bolsonaro seria de R$ 1.467,74 (91% da média), porém hoje é 60%+2% da então que deu os mil reais.

 

 

 

Comments are closed.

Ligue para (19) 3731-3837 ou (11) 3311-7092

Tire suas dúvidas com um de nossos advogados qualificados