“O primeiro ponto que chama atenção – e é gritante – é que uma mulher precisa ter o ensino superior completo, para ganhar igual a um homem médio – que tem ensino médio incompleto! Ou seja, aqui a discriminação entre as capacidades de um e de outro fica escancarada.Como se não bastasse isso, as mulheres que ganham 50% a mais do que um homem médio estão no setor público estadual e federal. Se a mulher está no setor público municipal ou iniciativa privada, e tem ensino superior completo, ganha somente 30% a mais do que um homem com ensino médio incompleto.”

Não se trata de mimimi ou vitimismo. São estatísticas fundamentadas. A igualdade salarial para homens e mulheres que ocupam e exercem o mesmo trabalho é uma das principais críticas e reivindicações do Movimento Feminista!

É muito necessário e urgente que o mundo conscientize que não há mais espaço para o abuso, opressão e desigualdade fundamentados no preconceito de gênero e racial! 

Fonte: I AM NOT A GAMBLER

Marcado com:
 

Comments are closed.

Ligue para (19) 3731-3837 ou (11) 3311-7092

Tire suas dúvidas com um de nossos advogados qualificados