Ação da RMNR do pessoal da ativa, ajuizada pelo Sindipetro como substituto processual, a Juíza da causa permitiu à Petrobras ouvir uma testemunha com endereço no Rio de Janeiro/RJ. Assim, o processo que estava com a Juíza para eventual prolação de sentença, ficará aguardando ser ouvida a testemunha indicada pela Petrobras. Com essa manobra, a Petrobras apenas adia a decisão final do processo.

(processo 422-60.2011.5.15.0126)

Marcado com:
 

Comments are closed.

Ligue para (19) 3731-3837 ou (11) 3311-7092

Tire suas dúvidas com um de nossos advogados qualificados